A Qualidade dos nossos Pensamentos e seu Impacto no Ambiente e nos Resultados – Por José Antonio Kairalla Caraccio

A Qualidade dos nossos Pensamentos e seu Impacto no Ambiente e nos Resultados – Por José Antonio Kairalla Caraccio

Vamos hoje fazer uma reflexão sobre a qualidade dos nossos pensamentos. Os estudiosos sinalizam que pessoas que pensam negativamente com frequência estão sempre esperando pelo pior resultado de suas ações. O mais interessante é que, talvez até inconscientemente, ficam o tempo todo convencendo as outras pessoas a compartilhar de suas crenças limitadoras e pessimistas. Destacam os pontos negativos e listam uma a uma as possibilidades das coisas darem errado e não acontecerem, procurando derrubar as expectativas de alguns mais entusiasmados. O mais alarmante é que sempre conseguem fazer a cabeça de alguém. Fica então um ambiente dividido. De um lado os que querem realizar e construir e de outro os que querem destruir e desmotivar. Essas pessoas passam a ser vitimas de si próprias. Começam a aparecer sintomas associados a stress, nervosismo , cansaço , mal humor e até mesmo contraem doenças psicossomáticas. O resultado destes pensamentos negativos provocam preocupações em excesso, medos, ansiedades, traumas, complexos dos mais diversos e ressentimentos. Algumas dicas para livrar-se deles: A-Escreva suas preocupações e seus pensamentos negativos. Ao escrevê-los: 1- Você terá uma dimensão mais objetiva sobre eles, porque em nossa mente os pensamentos negativos têm tendência a tomar uma grande dimensão; 2- Você poderá focar seus problemas um a um. Quando estão em nossa cabeça, de forma desorganizada, não parece haver solução; 3- Há ainda um aspecto mágico ao escrever. Ele permite cristalizar os pensamentos em um ato simbólico e libertador; 4- Quando os pensamentos negativos forem identificados você terá a consciência de sua real dimensão. Pergunte então a si mesmo: Do que é que tenho medo e em que circunstâncias sinto-me mal e aparecem os pensamentos negativos ? Por que as vezes tenho o sentimento de ser inferior, diminuído, não compreendido, não amado, etc ? O que é injusto na minha vida ? B-Procure pensar em soluções de forma consciente. Em cada problema que escreveu, interrogue-se: O que e onde posso mudar para melhorar ? Mesmo quando entender que não haverá solução, saiba que poderá surgir uma porta de saída e então irá mudar seu caminho. O que acontece é que as ideias negativas ofuscam sua visão para novas possibilidades. Analise um a um seus problemas e procure uma solução. Dê tempo a si mesmo. Pratique a autoavaliação, pondere sobre conselhos de pessoas criteriosas, observe e adapte bons exemplos a sua realidade e a seu estilo. Pense em ser feliz e faça outras pessoas felizes. Faça uma reflexão e identifique-se com sua missão de vida pessoal e profissional, lembrando que certamente muitas pessoas espelham-se em você. Faça o seu melhor para você, para as pessoas próximas e para o seu ambiente. Um abraço e boa sorte!

(*) Prof. Kairalla é educador e consultor com mais de 440 projetos desenvolvidos e troca de experiências com cerca de 30.500 profissionais. Os assuntos deste artigo serão apresentados e vivenciados em dinâmicas no treinamento de “Técnicas de Negociação e Administração de Conflitos”, em parceria e nas dependências do Nuclave. Maiores informações podem ser obtidas pelo e-mail regina@kairallatreinamento.com.br ou pelo telefone (11) 5594.6990.

No Comments

Post A Comment




X